domingo, 9 de maio de 2010

Uma temporada que vale por duas



Ao mesmo tempo em que os holofotes se acenderam para o Campeonato Brasileiro da Série A, na última sexta-feira teve início a Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro. Uma competição que começa muito mais acirrada, afinal, nenhuma das 20 equipes envolvidas está disputando outra taça em paralelo.

Outra característica relevante do torneio em 2010 é o objetivo em comum de boa parte dos participantes. Enquanto no ano passado a Série B trazia o Vasco, clube com quatro títulos brasileiros da Série A e uma tradição imensa para recuperar, neste ano a ansiedade de todos é não cair no ostracismo de nível nacional.

Há apenas três clubes que se sagraram campeões brasileiros, e, curiosamente, todos eles na década de 1980 - Coritiba, em 1985, Sport, em meio à confusão que se instaurou em 1987 e o Bahia, vencedor de 1988. Em compensação, há outras equipes que tiveram seu destaque na Primeira Divisão, desde os vice-campeões Bragantino, Portuguesa e São Caetano, passando pelas boas colocações de Brasiliense, Figueirense, Ponte Preta e Paraná.

O equilíbrio de tradições é imenso, e num primeiro momento não há nenhum clube digno do título de "favorito" e que seja considerado a equipe a ser batida. Nem mesmo os rebaixados do ano anterior (Coritiba, Náutico, Santo André e Sport) chegam com tanta credibilidade à competição. A princípio, por sua atuação no Campeonato Paulista, quando vendeu caro o título para o Santos, o Santo André teria credenciais para ser o líder de ponta a ponta. Mas, com a debandada geral de seus grandes jogadores para clubes com maior visibilidade, vai demorar um pouco para se reestruturar.

Os times que podem ficar pelo caminho mesmo serão os estreantes na Série B. O Duque de Caxias, por exemplo, padece da característica de times pequenos do Rio de Janeiro: é uma equipe no Campeonato Estadual, mas, para o Campeonato Brasileiro, recebe reforços de outros "nanicos" cariocas. Até ajustar a equipe, pode levar algumas rodadas.

A Segunda Divisão nada mais é do que uma competição que tem prêmio dobrado para os quatro primeiros colocados. O sucesso em uma temporada garante que, pelo menos até o ano seguinte, a luz vai brilhar ainda mais forte para algumas equipes no cenário nacional.

Um comentário:

Luiz Fernando VÉTERE disse...

Olá amigo,

Venho sugerir a troca de links entre nossos blogs, como forma de divulgarmos nossos trabalhos.

Inclusive, já sou seu seguidor.

Caso tenha interesse, torne-se meu seguidor e responda este e-mail para que possamos efetuar a troca.

Fico no aguardo. Abraços!


Luiz Fernando Vétere
Blog FuteB.R.O.N.C.A.!
http://futebronca.blogspot.com