sexta-feira, 22 de maio de 2009

O Brasil de volta ao Brasil



Conhecido pela insistência (e quase teimosia) em convocar jogadores de qualidade duvidosa, o técnico Dunga surpreendeu o país na nova convocação da Seleção Brasileira. Às vésperas de duas partidas dificílimas pelas Eliminatórias da Copa do Mundo (diante de Uruguai e do líder Paraguai) e da disputa da Copa das Confederações, o treinador decidiu voltar os olhos para a pátria em chuteiras e encontrou jogadores para fazerem parte dos 23 atletas a representarem o Brasil no mês que vem.

Além de Kléber (lateral-esquerda do Internacional), que vinha figurando nas convocações anteriores, outros três jogadores que atuam em gramados brasileiros foram lembrados para as próximas partidas. O goleiro Victor, do Grêmio, o lateral-esquerda André Santos, do Corínthians, o meia Ramires, do Cruzeiro, e o atacante Nilmar, companheiro de time de Kléber, farão parte das novas empreitadas do Brasil.

Enfim, Dunga faz justiça com os jogadores que despontam por aqui, o que mostra que de vez em quando ele desvia o olhar para os campeonatos nacionais e, principalmente, valoriza alguns jogadores que estão em destaque no momento. Ao que parece,o "vestibular" para a Seleção Brasileira fica mais afunilado entre jogadores nacionais, pois todos que estão na lista já estavam jogando bem há muito tempo e eram preferidos dos críticos esportivos.

Infelizmente, muitos deles não devem ter oportunidades com a camisa amarela. É o caso de Victor. O goleiro vem contribuindo muito para a caminhada do Grêmio na Taça Libertadores da América, mas Júlio César é, indiscutivelmente, o melhor na posição. Além do camisa 1, Gomes tem algumas convocações de vantagem sobre o arqueiro do tricolor gaúcho, e deve ser o reserva imediato.

O equilíbrio ficará maior na lateral-esquerda, pois lá há a certeza de um "brasileiro" em campo. Kléber leva vantagem, pois concorre com um "estreante" na Seleção Brasileira. Mas tanto ele quanto André Santos prometem fazer bons serviços no lado esquerdo brasileiro.

Num olhar superficial, Ramires é o jogador com mais chances de se destacar na Seleção Brasileira. O meia é infinitamente superior a Felipe Melo e, se repetir as atuações que tem feito no Cruzeiro, vai encher os olhos da torcida brasileira. Outro fator que pode ajudar a chamar atenção de seu futebol é negativo para os torcedores. Em julho, Ramires se tornará mais um "estrangeiro". Está certa a contratação dele pelo Benfica, de Portugal.

Nilmar retornou às boas atuações do início de carreira, mas fica muito difícil ganhar uma vaga num ataque formado por Luís Fabiano e Robinho. Não só pelo talento dos dois, como também pelo reserva imediato ser Alexandre Pato. Mas, pelo menos, a torcida sabe que na frente a dor de cabeça ficará restrita a Dunga, diante de boas opções.

Aliás, nesta convocação o treinador poupou uma dor de cabeça, ao deixar de fora Ronaldinho Gaúcho. Há tempos seu futebol caiu de qualidade, principalmente em atuações pela Seleção Brasileira. Pior do que jogar com o nome, era estar jogando mal e manchar o nome de um atleta consagrado. A solução é que ele se recupere em campo. Assim como Ronaldo, que, apesar de estar melhor com a camisa do Corínthians, ainda seria prematura sua convocação.

Os demais nomes são manjados na lista de Dunga, e trazem os altos e baixos comuns do técnico. É ótimo ver Kaká em boas condições de jogo, o meia se tornou um líder nato na Seleção. Na direita, seria melhor colocar Daniel Alves, por suas atuações anteriores pelo Brasil. A insistência em colocar Juan e Lúcio na zaga é irritante, bem como em convocar Luisão para ser reserva. Os dois primeiros já viveram momentos melhores, e o terceiro ainda não fez jus a convocações.

Jogador que também já viveu momentos melhores em campo, Gilberto Silva continua sendo relacionado por Dunga e, certamente, será titular ao lado de Josué ou Felipe Melo. Bom, mas se o comandante brasileiro voltou os olhos para atletas brasileiros, talvez haja alguma nova mudança surpreendente em próximas convocações até a Copa do Mundo de 2010, na África do Sul.

No Brasil, o fato de jogadores brasileiros estarem entre os convocados reacende uma polêmica. As partidas coincidirão com jogos decisivos na Copa do Brasil e na Taça Libertadores da América, e Dunga anunciou que não irá liberar os jogadores para as partidas de seus respectivos clubes (Internacional e Corínthians na Copa do Brasil e Grêmio e Cruzeiro na Libertadores), mesmo não tendo nenhum titular absoluto dentre os "brasileiros" presentes na lista. Como controlar o problema da coincidência de datas em novos períodos de convocação?

Independente do desfecho deste impasse entre Confederação Brasileira de Futebol, técnico da Seleção Brasileira e clubes, já é louvável a presença de novos nomes em ascensão pelo Brasil tendo chance no escrete canarinho. Pode ser um bom sinal do Brasil estar de volta ao Brasil.

****


CONVOCADOS

GOLEIROS
Julio Cesar (Inter de Milão / ITA)
Gomes (Tottenham / ING)
Víctor (Grêmio)

LATERAIS
Maicon (Inter de Milão / ITA)
Daniel Alves (Barcelona / ESP)
Kléber (Internacional)
André Santos (Corinthians)

ZAGUEIROS
Lúcio (Bayern de Munique / ALE)
Juan (Roma / ITA)
Luisão (Sporting / POR)
Alex (Chelsea / ING)

VOLANTES
Gilberto Silva (Panathinaikos / GRE)
Josué (Wolsfburg / ALE)
Felipe Melo (Fiorentina / ITA)
Anderson (Manchester United / ING)
Ramires (Cruzeiro)

MEIAS
Kaká (Milan / ITA)
Elano (Manchester City / ING)
Júlio Baptista (Roma / ITA)

ATACANTES
Robinho (Manchester City / ING)
Luís Fabiano (Sevilla / ESP)
Alexandre Pato (Milan / ITA)
Nilmar (Internacional)

Um comentário:

Fernando Quaresma disse...

Caro Vinicius Faustini ,

O som que fiz com a boca , quando li a convocação , foi de UFA ... Parecia que tinham tirado um "fardo" de minhas costas .

Gostei e fiquei satisfeito ao ver Ramires , Kleber , Nilmar na seleção . eles merecem e estão jogando muito nos seus respectivos times . Não é porque o jogador está no Milan ou no Barcelona que terá que sempre ser convocado . Como eu sempre pensei . Têm ques er convocados os melhores , não os que têm apenas nome .

Não sei o porque Dunga ainda insiste em Gilberto Silva . Mas , tudo bem e o porque de levar tantos volantes !? O Brasil vai jogar recuado contra Paraguai e Uruguai !? Se recuar vai perder e vai jogar com medo tambem na copa das confederações ? Duvido vencer ...

Abraços