quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Disparidades para 2010



Mal o calendário chegou ao mês de setembro e dois clubes de tradição começam a se preparar para a próxima temporada. Entretanto, os motivos para Corínthians e Fluminense pensarem no ano de 2010 são bem diferentes.

O tricolor das Laranjeiras mudou de técnico ontem (Renato Gaúcho por Cuca) visando uma mudança geral em seu atual panorama. Afinal, o lanterna do Campeonato Brasileiro precisa de dias melhores, seja na Primeira Divisão ou na Série B, que está cada vez mais próxima - o time tem 93% de sair da elite do futebol brasileiro este ano.

O acerto com Cuca não parece o nome ideal, seja para tentar o milagre de se manter na Série A ou para batalhar no segundo grupo do futebol nacional. Suas passagens recentes por Botafogo, Flamengo e até no próprio tricolor no ano passado comprovam que ele não sabe lidar com times que estão no limite, precisando de uma reconstrução. Só que, diante do quadro apresentado nas Laranjeiras, nada pode ser melhor do que este período de 2009.

Enquanto o time carioca lida com o inferno, o Corínthians vai se organizando para o ano de seu centenário, ansiando por conquistas nas quais o céu é o limite. O alvinegro de São Paulo está credenciado para a Taça Libertadores da América e planeja um fim de ano em Dubai, para a disputa do Mundial Interclubes.

Jogadores como o meia argentino Defederico chegaram este ano com o advento da janela, mas devem ser mantidos no próximo ano. Passado o calvário do descenso em 2007 e a presença na Segunda Divisão em 2008, o time chegou a 2009 com a conquista do Campeonato Estadual e da Copa do Brasil. Uma ascensão que a equipe do Parque São Jorge tenta manter, mesmo com o atual desmanche causado pelo assédio dos clubes estrangeiros aos seus jogadores.

2010 já começou para estes dois times. Será que o pensamento a longo prazo vai prosseguir na virada de ano?

Um comentário:

Leonardo Resende disse...

De fato ambas equipes tem mais é que pensar no futuro.

O Corinthians, apesar de tudo, ainda não tem capacidade de correr atrás do título e deve focar mesmo a Libertadores. Os reforços que estão vindo prometem muito!

Já o Flu, aparentemente, já jogou a toalha e planeja o futuro na série B.
Técnico já tem, reforços chegaram (até demais). Agora é preciso zarpar uma gigantesca barca das Laranjeiras...

... e que os dirigentes e a Unimed também estejam nela, de preferencia.


Visite também o Rio Futebol, se puder!

Grande abraço,

Leonardo Resende
Rio Futebol
http://riofutebol.blogspot.com
adm.riofutebol@gmail.com