domingo, 29 de maio de 2011

Expressinho pontual



A passagem do Expressinho do Vasco em São Januário teve roteiro semelhante à partida contra o Ceará: o América Mineiro dominou boa parte do jogo, obrigou Fernando Prass a fazer sucessivas defesas, mas em horas estratégicas o Vasco definiu a vitória por 3 a 0. No início, o Coelho aproveitou o desentrosamento dos reservas vascaínos e chegou com Rodriguinho, Eliandro e Fábio Júnior. O Vasco, em seu primeiro ataque, achou um pênalti com Leandro, e Bernardo abriu o placar.

Os mineiros voltaram para o segundo tempo esperando o mesmo gás do primeiro, mas aos dois minutos Jéferson fez bela jogada e o gol de Enrico esfriou os ânimos. No momento em que o time de Minas pressionava (mesmo com um a menos) e tentava surpreender com Kempes e Alessandro, um contra-ataque terminou em gol de Élton. O 3 a 0 pode até soar injusto pela luta constante do América em campo. Os três pontos são justos para um Vasco que não se abateu diante de um adversário mais entrosado e que não deu sossego à sua defesa. A cabeça dos vascaínos está na decisão da Copa do Brasil, mas também dorme tranquila no Brasileirão porque o Expressinho passa a confiança de que é pontual quando o técnico Ricardo Gomes precisa de seu elenco.

Um comentário:

Blog Esportivo Golaço disse...

É curioso como são azarados Jefferson e Enrico. Nas vezes em que emplacaram uma boa fase, repetindo atuações convincentes, o time vascaíno já estava encaixado, tanto em 2009 como agora, em 2011. Resta esperar uma nova oportunidade agora. Ou uma lesão de algum titular. Porque futebol eles têm de sobra.

Quando puder, passa lá no meu blog: http://diarioesportivogolaco.blogspot.com

Abração

Abração